Emilio

1 POSTS 0 Comentários
EMILIO BOECHAT é dramaturgo indicado ao Troféu Mambembe de Melhor Autor em 1999 pela peça Eu Era Tudo Pra Ela & Ela Me Deixou - espetáculo do qual originou o personagem vencedor do Prêmio Multishow do Bom Humor, em 1998, interpretado pelo ator Marcelo Médici. É autor de comédias como Camila Baker, Lives In Concert (indicada aos prêmios APETESP e SHELL); Luluzinhas e Tudo de Mim. Camila Baker ganhou várias remontagens pelo Brasil e em Portugal. Em 2005, teve elenco estrelado, com Daniel Boaventura, Leonardo Brício, Marcos Mion, Otávio Muller e Danton Mello. Eu Era Tudo Pra Ela & Ela Me Deixou foi remontada em 2011 por Marcelo Médici. Em televisão, Emilio Boechat já passou pela Rede Globo (Angel Mix e Zorra Total, 1999), Bandeirantes/ RGB (Floribella, 2005 e Floribella 2, 2006), GNT (Mulheres Possíveis 2007/ 2008/ 2009), Multishow (Na Fama Na Lama, 2011). Desenvolveu para a FremantleMedia Marcas Da Vida (2010/2011), docudrama exibido na Rede Record (2011). Desde 2006 é contratado dessa emissora, onde já escreveu e colaborou para as novelas Luz do Sol, Amor e Intrigas, Os Mutantes, Promessas de Amor, Bela A Feia, Rebelde 1ª e 2ª temporadas (que assumiu como autor principal nos quatro últimos meses no ar), Pecado Mortal, de Carlos Lombardi, Os Dez Mandamentos (1a e 2a temporadas), o especial de fim de ano Balada, Baladão (2010), e a minissérie bíblica Rei Davi (2011/ 2012). Atualmente, faz parte da equipe de Apocalipse, próxima novela da Record em fase de desenvolvimento. Em cinema, escreveu com Marilia Toledo o longa-metragem Lascados, O Filme, estrelado por Paloma Bernardi e Chay Suede, e o roteiro da comédia romântica O Galã, (título provisório) para a Ramalho Filmes. Foi um dos roteiristas do filme Os Dez Mandamentos, lançado em janeiro de 2016, e sua série de humor A Secretária Do Presidente, co-produzida pela Mixer, estreou em 15 de novembro de 2016, no Canal Multishow.

A Secretária do Presidente – “Sala de roteiristas” com final feliz

Série de humor exibida no Multishow, A Secretária do Presidente é um case de sucesso na produção independente com relação à valorização do roteirista. Confira o relato do autor.
21SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
35SeguidoresSeguir
93SeguidoresSeguir
39InscritosInscrever