NOTA À IMPRENSA E AO MERCADO AUDIOVISUAL
— Recomendações sobre a publicidade e a divulgação de créditos de autor —

A ABRA – Associação Brasileira de Autores Roteiristas – vem a público para trazer à luz um debate urgente e necessário acerca da divulgação correta dos créditos de autor das obras audiovisuais brasileiras nos veículos de imprensa.

Tanto por relatos dos associados como por clippings e pesquisas internas realizadas pela própria associação, é possível afirmar que o costume na imprensa brasileira tem sido o de não fazer constar os créditos de autores-roteiristas em notícias de lançamento ou de premiações, críticas, reportagens em geral e releases para a imprensa.

Entendemos que este é um problema sistêmico, que envolve inclusive o material sintético que muitos produtores e exibidores de conteúdo (sejam empresas produtoras, plataformas de conteúdo, canais e emissoras de televisão), distribuidoras, profissionais de marketing e assessorias de imprensa fornecem a jornalistas, sem os dados corretos e/ou completos dos autores-roteiristas das obras.

É por esta razão que a ABRA convida o mercado audiovisual e a imprensa ao início de um debate imprescindível, que tem como objetivo o de sensibilizar os profissionais de comunicação a darem o devido destaque a quem escreve as obras, a quem transforma uma ideia em dezenas, centenas, milhares de páginas que estruturam, dão início à materialidade e tornam possível a realização de um produto audiovisual.

Vale ressaltar ainda o disposto na Lei do Direito Autoral (Lei 9.610/98), que assegura os direitos morais inalienáveis referentes à autoria de uma obra, como o de ter seu nome anunciado, como sendo o do autor, na utilização de sua obra (artigo 24).

Além dos direitos de autor, a Abra reafirma seu compromisso irrestrito com a liberdade artística, a liberdade de expressão e a liberdade de imprensa. Sempre louvamos a valorização do conteúdo nacional nos mais diversos veículos e, por acreditar que tanto as empresas e outros profissionais do audiovisual quanto a imprensa qualificada possuem a mesma premissa – a de reconhecer e valorizar a autoria – dando os devidos créditos aos bens artísticos e culturais, recomendamos:

1. Que o mercado audiovisual, em especial as empresas e profissionais ligados à divulgação das obras, esteja sempre atento para dar os devidos créditos, informando a ficha completa dos autores-roteiristas das obras audiovisuais e fazendo com que constem com o devido destaque nos releases à imprensa e nas ações de publicidade.

2. Que os veículos de imprensa sempre considerem inserir em suas reportagens, críticas e outros formatos jornalísticos os créditos de quem escreveu aquela obra, seja ela original ou adaptada.

A Abra está aberta ao diálogo e se coloca à disposição do mercado audiovisual e dos veículos de imprensa para contribuir nessa temática, inclusive mediando contatos e acionando a nossa rede de relacionamento, que conta com quase 700 roteiristas, para fornecer informações relativas aos créditos corretos das equipes de roteiro quando for necessário.

Sobre a ABRA

Fundada a partir da fusão da AR (Associação Brasileira de Roteiristas Profissionais de Televisão e Outros Veículos de Comunicação) e da AC (Autores de Cinema), a ABRA – Associação Brasileira de Autores Roteiristas – atua há mais de duas décadas no Brasil para representar, exercer e defender os direitos dos autores de roteiros e argumentos de obras audiovisuais de qualquer natureza, proporcionando a valorização da profissão de autor-roteirista nas mais diversas instâncias e fomentando um cenário de aproximação entre os roteiristas e o mercado. Atualmente, conta com quase 700 autores-roteiristas profissionais associados, posicionando-se, portanto, como instância legítima de representação da profissão de autor-roteirista no Brasil.

A Abra tem como principais áreas de atuação:

– A defesa dos direitos do roteirista em seu ambiente de trabalho e nas relações com as empresas contratantes e outros profissionais, tais como a observação dos créditos em tela e nos materiais de divulgação;

– A melhoria da remuneração da atividade profissional de roteirista, inclusive com a fixação de piso salarial da categoria;

– A melhoria progressiva das condições de trabalho e das vantagens e benefícios assegurados ao roteirista;

– A formulação de um código de ética autoral a vigorar para autores, seus colegas de trabalho e seus contratantes;

– Outras atividades voltadas ao aperfeiçoamento do roteirista profissional e à melhoria em geral de suas condições de trabalho;

– A divulgação da carreira de roteirista, inclusive sendo canal para a divulgação do trabalho de cada associado.

À disposição para colaborar e construir coletivamente.

Diretoria da Abra
Gestão 2021-2022

Rio de Janeiro, 10 de fevereiro de 2021

Para entrar em contato com a Abra, clique aqui.

COMPARTILHAR
A ABRA - Associação Brasileira de Autores Roteiristas - congrega quase 700 roteiristas de todas as regiões do Brasil. Atuamos na defesa e na promoção da profissão de autor-roteirista no mercado audiovisual. Saiba mais sobre nossa história e conheça nossa Diretoria.

DEIXE UMA RESPOSTA