Durante o mês de agosto o IETV (Instituto de Estudos deTelevisão), promoveu o curso Business na TV, voltado para a atualização do mercado, com a implementação do sistema digital da TV em nosso país.

Participei desse curso e pude concluir até o momento alguns fatores que possam interessar aos Arteiros. Sem dúvida, quando estiver realmente implantado, as portas do nosso mercado se abrirão muito, teremos segundo o Sr. Ara Apkar, Representante dos Serviços de Comunicações em Massa da Anatel, neste processo, um número muito maior de canais, teremos uma faixa com cerca de 1000 canais a disposição, para veicularmos diferentes conteúdos.

Ainda teremos novas opções para utilizarmos o mesmo conteúdo com edições diferentes, para as Webs, TVs e a Telefonia Celular, ou seja para os Roteiristas, será uma possibilidade concreta de ter aonde veicular diversos formatos de roteiros, podendo se especializar em áreas distintas, como por exemplo, canal sobre Cidadania, outro só voltado para temas Culturais, outros Institucionais.

Teremos mais opções de criação, coisa que atualmente anda meio restrita, ou se entra nas telenovelas ou parte-se para criação de séries p/ TV, creio eu, que várias portas se abriram para desenvolvermos projetos com os mais variados conteúdos.

Apesar disto, o tempo real para que estas opções se concretizem no mercado, vir a acontecer, ainda não é imediato, mas quero ficar otimista e acreditar que a implantação do sistema de TV Digital Brasileiro venha para fortalecer nosso trabalho.

Existe uma proposta do governo em regionalizar os conteúdos e a partir da interatividade, que será possível com este novo padrão, o telespectador acessar diversos programas, de diversas áreas de nosso País. A convergência fará desta interatividade um fato corriqueiro no cotidiano dos telespectadores.

As portas se abrirão para o mercado de Produções Independentes, pois com certeza os conteúdos terão que ser terceirizados, já que será impossível preencher todas as opções da grade de programação com o que as TVS abertas têm para oferecer.

Daí vem minha esperança de podermos realmente utilizar as TVs, e os outros meios de comunicação digital para mostrar o Brasil para os Brasileiros. INTERATIVIDADE de CONTEÚDOS, para mim esta será a chave para conhecermos melhor o País que vivemos.

Só resta saber como será feito o controle dos direitos autorais, já que como disse anteriormente, as opções serão muitas, atualmente já temos dificuldades de controlar a parte dos direitos Autorais, e daqui pra frente?

Deixo a pergunta para a AR pensar.

 

DEIXE UMA RESPOSTA