Tudo começou após um programa humorístico da Rede Globo não dar crédito ao roteirista que o escreveu. O assunto precisava ser debatido de maneira ampla e uma turma grande de roteiristas se organizou, em 2000, para criar a Associação de Roteiristas de TV, a AR-TV.

Já do outro lado, em julho de 2006, um pequeno grupo de roteiristas de São Paulo e do Rio, que escrevia exclusivamente para cinema, resolveu se organizar em torno das especificidades desse ofício e lançou a fundação da Autores de Cinema.

Fundadores da AR-TV

Aguinaldo Silva, Alberto Salva, Ana Maria Moretzsohn, Antonio Carlos da Fontoura, Denise Bandeira, Geraldo Carneiro, Joaquim Assis, Lauro César Muniz, Luiz Carlos Maciel, Marcílio Moraes, Maria Helena Nascimento, Renê Belmonte, Roberto Silveira (in memorian), Ronaldo Santos, Rosane Lima, Sérgio Marques, Tiago Santiago, Wilson Rocha, Aimar Labaki, Ana Clara Santiago, Anamaria Nunes, Ângela Carneiro, Celso Taddei, Charles Peixoto, Cláudio Lobato, Clóvis Levi, Cristiane Dantas, Décio Coimbra, Doc Comparato, Duba Elia, Fernando Rebello, Filipe Miguez, Flávio Machado Ferreira, Gilberto Braga, Iara Sydenstricker,Juca Filho, Lilian Garcia, Mariana Mesquita, Max Mallman, Paulo Duarte (in memorian), Renata di Carmo, Renato Modesto, Ricardo Hofstetter, Sandra Louzada, Sylvia Palma, Thelma Guedes.

Fundadores da AC

Aleksei Abib, Bráulio Mantovani, Carolina Kotscho, Claudio Galperin, Di Moretti, Elena Soarez, Jorge Duran, Marçal Aquino e Paulo Halm.

A ABRA é fruto dos esforços dos presidentes de ambas as associações – Ricardo Hofstetter e Thiago Dottori -, além do trabalho de muitos colegas para fundi-las numa entidade única, capaz de incorporar as pautas de cinema e TV, cada vez mais convergentes, e nos tornar mais fortes e articulados para defender os interesses do autor-roteirista.

12SeguidoresSeguir
128SeguidoresSeguir
35SeguidoresSeguir
28SeguidoresSeguir
22InscritosInscrever