Juliana Reis

41 POSTS 3 Comentários
Juliana é codiretora de comunicação e editora de conteúdo do site da ABRA. "Originalmente jornalista, fui para França em 1989, onde acabei vivendo por 17 anos. Sem ter me tornado propriamente cartesiana, tornei-me mãe, cidadã francesa e professora, obtive mestrado em cinema e alta (mente duvidosa!) do psicanalista, dirigi 5 curtas, dos quais fui também roteirista, além de vídeos institucionais para a UNESCO e SOS Racisme. Recebi prêmio pela adaptação de Cronopios y Famas, de Julio Cortazar, e subvenções do CNC, Kodak e de Conselhos Regionais da França. No Brasil, desde 2005, escrevo projetos de ficção para João Jardim (A Vida de Julia) e Murilo Salles (O Fim e os meios, selecionado pelos editais Petrobras 2007 e OI Futuro 2008; Prêmio de melhor roteiro do Festival do Rio 2014). Me divido entre o desenvolvimento de roteiros para outros diretores - como Henrique Saladini, Themba Sibeko (SulAfrica) e Kim Chapiron (França) -, além de meus projetos pessoais. Membro do Colégio de Leitores do CNC desde 2001 e da Autores de Cinema desde 2006. Professora da Escola de Cinema Darcy Ribeiro e da Faculdade de artes do Paraná; coordenadora da Oficina Escrevendo & Filmes, em parceria com Tempo Glauber. Traduzi La Dramaturgie, de Yves Lavandier, para o português, corro quando aguento e quando não aguento recomponho em mosaicos os cacos da louça que, quase sempre sem querer, quebrei. DISPAROS, meu primeiro longa-metragem como diretora, estreou no Brasil em 2012 e participou da seleção oficial do Festival do Rio, batendo o record de prêmios naquele ano (melhor Fotografia, Montagem e ator coadjuvante pelo genial antagonista composto por Caco Ciocler). Atualmente, estou envolvida com o desenvolvimento de projetos de séries TV, coescrevendo com o frances Michel Fessler, os americanos Jeremy Pikser e Walter Bernstein (Hi & Lo Investigations), ou em solo (EXEMPLUM - o julgamento do Dr. Antônio), este último da safra 2016 do Núcleo Criativo da Urca Filmes. No cinema: RESIDENTAS en el camino, minha "menina dos olhos". Um filme de estrada e de jornada, uma investigação sobre as mulheres que, em pleno século XIX, participaram da Guerra da Tríplice Aliança (aka Guerra do Paraguai), assim como uma busca da mulher que a jovem youtuber ELISA quer, em pleno terceiro milênio, se tornar. E, para concluir, #FORATEMER "

Luiz Carlos Maciel: nota de profundo pesar

Com enorme tristeza, anunciamos a partida do colega e mestre, certos de que ele deixa a vida para se firmar como um nome marcado para sempre na arte de contar histórias. Diretor teatral, Jornalista e...

Lucas Paraizo – roteirista premiado no Festival do Rio 2017

Entrevista com o roteirista de Aos teus olhos. Por Melina Guterres “Rubens é um professor de natação infantil acusado pelos pais de um aluno de beijar o filho deles na boca no vestiário do clube....

Luiz Bolognesi: Como nossos pais

por Melina Guterres, jornalista e roteirista associada a Abra “Rosa é uma mulher que quer ser perfeita em todas suas obrigações: como profissional, mãe, filha, esposa e amante. Quanto mais tenta acertar, mais tem a...

um CAFÉ COM CANELA. Entrevista com Ary Rosa Duarte, premiado em Brasília melhor roteiro

  Por Melina Guterres – Jornalista e roteirista associada da Abra O cotidiano do Recôncavo da Bahia é tema do filme Café com Canela, primeiro longa-metragem dirigido em parceria por Ary Rosa e Glenda Nicácio,...

BR PLOT – uma parceria da ABRA com a FAAP

Nessa quinta-feira, dia 19/10, acontece na FAAP a abertura do Br Plot, evento dedicado ao debate sobre roteiro, realizado em parceria com a ABRA. Ainda restam ingressos para a mesa de abertura. A entrada é...

Entrevista Fabio Meira, roteirista e diretor de AS DUAS IRENES

O premiado primeiro filme está em cartaz no circuito nacional de salas  Em 2011, você já tinha uma versão do roteiro de DUAS IRENES escrita - qual?  E, antes disso, de onde vem a...

GEDAR na Jornada Internacional de Direitos Autorais do Criador Audiovisual.

por Sylvia Palma Em setembro 2017, o Festival de Brasília completou 50 edições estabelecendo-se como um dos mais tradicionais festivais de cinema do Brasil. O evento que ocorreu entre os dias 15 e 24 de...

AS DUAS IRENES na abertura do Laboratório Novas Historias 2017

A abertura será realizada no CineSesc, no dia 02 de outubro, segunda, às 20h30, com a exibição de As Duas Irenes, do Fabio Meira, que participou do Laboratório em 2011 com o roteiro e...

O problema do cinema nacional é o roteiro

Entre a poeira dramática e o filme de gênero. Vida de roteirista, por Juliana Reis Há algumas semanas, participei com os companheiros de ABRA Jorge Duran (homenageado especial) e Yoya Wursch de um seminário na Escola...

parceria ABRA – Rio Market no Festival do Rio 2017

Os associados interessados em participar, e que estejam em dia com a ABRA, devem fazer sua inscrição e, em seguida, solicitar pelo email comunicacao@abra.art.br uma senha para recuperação da credencial.
17SeguidoresSeguir
134SeguidoresSeguir
35SeguidoresSeguir
35SeguidoresSeguir
23InscritosInscrever