O Workshop Internacional Escola de Séries (WIS) tratará de criação, negócios e inovação.  As inscrições para o evento que será realizado virtualmente em dezembro, já estão abertas e associados da ABRA tem 20% de desconto.

Serão 40 horas de conteúdo com encontros ao vivo e gravados. Toda programação terá tradução simultânea para o português. Entre 7 e 11 de dezembro acontecem os painéis e as masterclass. Nos dias 14 e 15 será a vez das sessões de pitching com banca formada por três profissionais do mercado – um produtor, um representante de canal ou plataforma e um agente de talentos.

Os projetos terão tempo determinado para serem apresentados e o feedback será dado em seguida. Só serão avaliados projetos de séries de ficção, não-ficção e kids. Trinta trabalhos serão escolhidos para apreciação. Cada participante do WIS pode inscrever até dois projetos, que devem ser enviados para seleção até 15 de novembro. Os selecionados serão divulgados dia 30 de novembro.

Dentro do eixo temático de criação serão abordados dramaturgia; criação e desenvolvimento de projetos de ficção, não ficção e kids; metodologia de sala de roteiristas e o papel do showrunner dentro da condução das salas de roteiristas. Já em negócios, as discussões serão sobre coprodução internacional; integração de marca e conteúdo branded entertainment; tendências de mercado: produção e distribuição; novos modelos de negócio, desafios e oportunidades. Quanto à inovação, os subtemas abarcam conteúdos como transmídia; formatos curtos; áudio séries; realidade virtual; data science.

Entre os 30 conferencistas já confirmados estão executivos e especialistas nacionais e internacionais do mercado do audiovisual. De Israel, um dos maiores exportadores de formatos do mundo, vem Koby Gal-Raday, produtor, script doctor e Chief Content Officer da Beta Film, tendo entre seus créditos como executivo séries como Fifty, recém indicada ao Emmy Internacional, Fauda, The Good Cop e Your Honour. Do Canadá, parceiro estratégico do Brasil no que se refere à produção de séries locais com alcance global, estão Daniela Mijuca, produtora executiva e VP de Desenvolvimento da produtora Pimiento, produtora de conteúdo original e coprodutora de projetos brasileiros; Kelly Lynne Ashton, executiva, pesquisadora e consultora de Fundos de Investimento em audiovisual; Vicent Lafortune, criador e produtor da Blach Films, produtora de diversas webseries de sucesso internacional, e Emilia King, CEO da Kinsquared Media, empresa que combina a arte, a ciência e o negócio do storytelling. Os quatro se apresentam pela primeira vez no país. Da França participa a executiva Soizic Gelbard, produtora da Gaumont Télévision, empresa responsável por Narcos. Entre os brasileiros estão nomes como Edson Athayde, publicitário brasileiro radicado em Portugal, criativo, especialista em storytelling e CEO da FCB Lisboa, Tiago Mello,  produtor de 3% e Onisciente e diretor de conteúdo da Boutique Filmes; João Falcão, criador, roteirista e diretor; Clarisse Goulart, diretora de Desenvolvimento e Negócios da Conspiração Filmes; Roberto D’Ávila, produtor executivo e fundador da Moonshot Pictures; Carolina Telles, diretora de Conteúdo da Boxfish TV e Juliana Soares, supervisora de Dramaturgia da produtora Gullane.

As inscrições para o WIS são feitas através do site www.autoria.com.br Todos os participantes receberão certificado. O conteúdo será gravado e ficará disponível por seis meses.

DEIXE UMA RESPOSTA