Jornalista, atriz, apresentadora, roteirista e autora teatral, Sandra Louzada (Sandra Regina Louzada Silva) morreu na noite desta quarta-feira, aos 67 anos, vítima de câncer. Versátil, teve como maior sucesso no teatro os musicais Somos Irmãs, sobre as irmãs Linda e Dircinha Batista, que bateu sucessivos recordes de bilheteria, e Obrigada, Cartola, que lançou o ator Flávio Bauraqui.

Sandra também cantava, com sua voz de contralto, no coral Avareté, com colegas roteiristas.

Sandra e Joaquim Assis, colegas no ‘profisssional’ e no ‘amador’.

Anfitriã ou hóspede, lutadora e idealista. Parceira.

colaborando em equipe de curta metragem

Na TV, Sandra foi mediadora em debates no programa “Sem Censura”, da TVE (atual, TV Brasil), colaboradora da novela As Filhas da Mãe, de Silvio de Abreu, da Rede Globo, e chefe de reportagem do Departamento de Divulgação também da Rede Globo, entre outros trabalhos. Foi também fundadora da Associação de Roteiristas de TV, AR-TV, em 2.000.

O velório de Sandra será nesse próximo domingo, dia 09/07, das 09 às 14hs, no Cemitério São Francisco Xavier, capela C, bairro do Caju. A cremação ocorrerá em seguida.

saudades dos amigos da ABRA e da ex-ARTV

2 Comentários

  1. bonita homenagem, apenas o nome dela (minha mãe) q está errado. O correto é Sandra Regina Louzada Silva.

DEIXE UMA RESPOSTA